Voltar

Quando o “vamos à rua” é sinal de viagem de carro

por:Joana Rita (sou praticante da adopção de animais, com a sensação de que são sempre eles a adoptar-me)

Driving miss riva A vontade de ter o nosso melhor amigo sempre por perto e de lhe proporcionar experiências diferentes faz com que tenhamos que o transportar de carro, de casa para a praia, ou para um parque.

Para que a viagem de carro aconteça tranquilamente e em segurança é fundamental ter algumas coisas à mão.

Devemos adquirir uma trela com adaptador ao cinto de segurança do nosso carro. Nestas situações é essencial que o cão viaje com peitoral, para que, em caso de travagem brusca ou acidente, esteja o mais protegido possível. Convém ter uma capa protetora para os bancos: há cães que enjoam ao andar de carro e desta forma evitam cenários mais desagradáveis.

Para segurança de todos, o cão deverá ser transportado de maneira a que não consiga saltar para cima do seu colo – por mais tentador que isso pareça. Vidros completamente abertos para o cão colocar a cabeça de fora também não é uma boa ideia: este tipo de exposição poderá causar otites no seu melhor amigo. Viagens longas devem incluir momentos para parar, esticar as pernas, beber água e, claro, incentivar ao xixi e ao cocó.

Na bagageira deveremos levar algumas coisas essenciais: sacos para apanhar os cocós, um recipiente para a água, uma toalha (para o caso de ir à praia e precisar limpar o pelo antes de entrar) e alguns biscoitos. É fundamental ter à mão o boletim de vacinas, para qualquer eventualidade que aconteça. Mel na praia Pensem neste documento como o cartão do cidadão do seu cão.

Não se esqueçam da trela: para passeios em parques ou em praia, aconselho que uma trela de 10 a 15 metros para maior liberdade nas corridas e, simultaneamente, segurança e controlo.

No caso da primeira viagem de carro, recomendo que esta não aconteça logo a seguir à refeição porque há o risco do cão vomitar. Nada como esticar um pouco as patas, num passeio breve, antes de entrar dentro do carro e ter calma e descontração. Afinal, vamos à rua – mas a rua fica um pouco lá mais ao fundo!

joana-e-fred

Joana Rita Sousa

Filósofa, Professora de Filosofia, Jornalista, Social Media expert e Blogger. Autora do blog All About Little Lady Bug onde escreve sobre tudo um pouco e onde frequentemente encontramos publicações em torno da sua paixão por animais, espelhada na sua acção como voluntária da UPPA – União Para a Protecção dos Animais.

O Intermarché fez-lhe o convite para que partilhasse consigo um pouco da sua experiência sobre o mundo dos animais, que sempre fez parte da sua vida.

O autor não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.

Partilhar
Facebook Twitter Mais