Alvarinho, o rei do verão

por João Pedro Carvalho

É oficial, o calor chegou e apenas nos resta escolher as melhores maneiras de o combater. No que a vinhos brancos diz respeito as opções podem variar, mas haverá melhor maneira do que com um Alvarinho servido bem fresco na companhia dos amigos, à roda de uma mesa servida com os mais variados petiscos e acepipes? Como pequena nota introdutória, a informar que a casta Alvarinho é assumidamente uma das grandes castas nacionais e os vinhos a que dá origem têm o condão de enquanto novos se afirmarem como das melhores escolhas de verão para acompanhar peixe e marisco.

Alvarinho

A casta que é rainha na região dos Vinhos Verdes, zona de Monção e Melgaço, encontra-se nos dias de hoje um pouco por quase todas as restantes regiões produtoras a nível nacional. Portanto não estranhe o leitor que encontre um Alvarinho oriundo do Alentejo, Douro, Tejo ou Lisboa. No entanto, é na sua região de origem que a casta melhor se mostra, superando mesmo a nível de qualidade os seus vizinhos da “Galicia”. Os Alvarinhos são vinhos que quando bem ensinados sabem aproveitar com mestria a passagem do tempo por eles , ganhando com isso novos argumentos e aptidões, como por exemplo serem companhia à mesa no tempo frio do inverno.  Com essa mesma passagem do tempo que lhes acalma a energia e espírito, ganham nova complexidade e entram numa nova dimensão de aromas e sabores. É portanto um vinho que se pode beber agora, e mesmo que fique alguma esquecida lá por casa, que se abra por exemplo lá pela altura do Natal, a surpresa que nos espera é sempre boa.

Este Selecção dos Enófilos oriundo da região dos Vinhos Verdes, é produzido pela empresa Quintas de Melgaço e apresenta-se como um 100% Alvarinho. Um branco coeso e inicialmente a mostrar-se algo preso de aromas, que se mostram frescos e a fazer lembrar pêssego, líchia, limão, com um delicado perfume floral em segundo plano. Mas por aqui é a fruta que lhe domina o conjunto, com boa intensidade e a frescura suficiente para limpar e revigorar o palato, pedindo mais um trago com companhia por perto. Em tempo de férias e praia ou piscina, é daqueles vinhos que convém ter por perto, e deixar uma garrafa no frigorífico antes de sair de casa, para que esteja bem fresca quando chegarmos a casa e nos refresque à mesa, porque afinal de contas nós merecemos.

João Pedro Carvalho

As opiniões de
João Pedro Carvalho

Nascido e criado no Alentejo, em Vila Viçosa, com formação académica em Engª do Ambiente, sempre fui defensor e apreciador dos produtos e da gastronomia de cada região.
O mundo do vinho foi-me cativando até que em 2005 criei o primeiro blog de vinhos em Portugal, o Copo de 3. O objectivo ainda hoje é o mesmo, divulgar o melhor possível todos os vinhos que vou tendo a oportunidade de provar e tentar cativar os consumidores para este fantástico mundo.

mais Artigos cá dos nossos sobre Selecção de enófilos

  • SAIBA MAIS
    Um tinto com a assinatura do Douro
    Um tinto do Douro a mostrar a raça que caracteriza os vinhos da região.
  • SAIBA MAIS
    A identidade própria é a chave do sucesso
    Um vinho onde se respira Alentejo.
  • SAIBA MAIS
    Um assado de borrego com vinho do Dão
    O vinho é um factor de união e promotor da confraternização.
    selecao-enofilos-dao
  • SAIBA MAIS
    Uma bairrada para todos
    Um tinto que mostra uma faceta moderna, numa combinação da tradicional casta Baga com a casta Touriga Nacional.
  • SAIBA MAIS
    Os encantos do Moscatel de Setúbal
    O Moscatel de Setúbal é um mundo que merece ser conhecido e explorado.
  • SAIBA MAIS
    Perfeito para o verão, Branco Leve de Lisboa
    É um vinho de carácter jovial, quase sempre ligeiro de corpo, mostrando-se bem frutado e perfumado.
  • SAIBA MAIS
    Alvarinho, o rei do verão
    Haverá melhor maneira do que com um Alvarinho servido bem fresco na companhia dos amigos?
  • SAIBA MAIS
    Um Loureiro fresco e perfumado
    De aromas frescos e muito perfumado, cheira a verão!
  • SAIBA MAIS
    A frescura da serra
    Um segredo muito bem guardado.
  • SAIBA MAIS
    Um branco Do Tejo
    Um belo branco Do Tejo cheio de raça, oriundo de um dos produtores mais conhecidos da região, a Quinta da Alorna.
  • SAIBA MAIS
    Um branco DOC Douro
    Vinho tenso que acompanha muito bem pratos de bom temperamento.
  • SAIBA MAIS
    Um Reserva Douro
    Aromas e sabores mostram um tinto do Douro pronto a dar muito prazer, trago após trago, sem cansar.
    opiniao-douro-destaque
  • SAIBA MAIS
    Um Vinho Reserva que veio Do Tejo
    Um Vinho Reserva que respira saúde.
    opiniao-douro-destaque
  • SAIBA MAIS
    Um branco com Iscas, ou então
    uns Mexilhões à Bulhão Pato
    Fresco e tenso, com fruta de pomar e ligeiro vegetal fresco de fundo
    opiniao-branco-alentejo-destaque
  • SAIBA MAIS
    Um tinto do Douro cheio de boa disposição
    Um vinho de fácil abordagem e que facilmente conquista à mesa
    opiniao-tinto-douro-destaque
Partilhar
Facebook Twitter Mais