Header Imagem
Alergia ao pêlo do cão? E agora?

Alergia ao pêlo do cão?
E agora?


Por: Joana Rita Sousa

Quando era miúda e comecei a ter problemas respiratórios levantou-se a hipótese das alergias. Fiz uma série de testes e a minha preocupação era perceber se era alérgica, ou não, ao pêlo do cão.

 

 

O meu primeiro companheiro
de quatro patas

A memória do meu primeiro cão surge-me já em idade escolar: chamava-se Putchi e era um daqueles rafeiros “rodinhas baixas” irresistíveis. Deixava-me fazer tudo: pegava-lhe ao colo, vestia-lhe roupa, penteava-o. Nem sei como é que ele tinha paciência para mim. A perspectiva de ter alergia ao pêlo do cão deixou-me apreensiva: o Putchi vivia no quintal, o que me tranquilizava mais. A questão era: imaginem que não podia mais “mexer-lhe” como gostava?

Alergia ao pêlo do cão? E agora?
Alergia ao pêlo do cão? E agora?
A possibilidade da alergia e a confirmação da alergia

O dia das análises chegou e até saber os resultados houve ali um aperto no coração. Eu devia ter uns 10 anos, talvez. Lembro-me que havia ali um índice leve de alergia, mas nada comparado com a alergia aos ácaros – que resultou na eliminação de tudo o que era alcatifa, lá em casa. Mas eu e o Putchi podíamos continuar a ser os melhores amigos.

A ele juntou-se o Lobinho, o Bel. Depois o Preto. O Farrusco, o Friqui e o Félix. E o Kioko. E também os perto de 100 cães que estão na UPPA – União Para a Protecção dos Animais, à espera de uma família que os possa adoptar de forma feliz e responsável.

Decisões difíceis

Não sei como seria se a análise tivesse acusado um índice elevado de alergia. A minha alegria perto deles é imensa e penso que teria dificuldades em substituí-la por outra. A verdade é que há algumas famílias que só descobrem que um dos seus membros é alérgico ao pêlo, depois de adoptar. Nesse momento há que lidar com a realidade, procurar ajuda dos especialistas e tomar a melhor decisão para que todos possam viver saudáveis e felizes.

O autor não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.

Alergia ao pêlo do cão? E agora?

Outros Artigos da Joana Rita

PARTILHE
Facebook Twitter Mais

LOJA ONLINE

Este Intermarché não dispõe ainda do serviço de loja online.
Por favor indique-nos o seu nome e email para ser notificado logo que o serviço esteja disponível nesta loja.
Ou escolha outra loja online

NEWSLETTER

A ITMP Alimentar, S.A. – NIPC 503 882 003, situada em Lugar do Marrujo, Bugalhos - 2384-004 Alcanena, tratará os seus dados pessoais de forma automática para lhe enviar informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, cumprindo com o disposto no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados. Os dados serão conservados pelo período em que o Cliente mantiver ativa a sua subscrição da newsletter. O consentimento expresso do Cliente é o fundamento jurídico aplicável à recolha e utilização dos seus dados pessoais para os fins indicados.

Tem o direito de, a qualquer momento e de forma gratuita, exercer os seus direitos de aceder, de atualizar, de retificar, de apagar, de limitação do tratamento, de oposição ao tratamento dos seus dados pessoais e de portabilidade dos mesmos ou de revogar o seu consentimento, devendo, para o efeito, dirigir-se ou enviar correspondência para a morada acima mencionada ou através do e-mail geral@mosqueteiros.com.

Caso deseje fazer uma reclamação sobre a forma como os seus dados pessoais estão a ser processados pela ITMP Alimentar, S.A. pode fazê-lo para a morada acima indicada e, também, para autoridade supervisora (Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD, Av. D. Carlos I, 134 - 1.º 1200-651 Lisboa, Tel: 351 213928400, Fax: +351 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt).

Se consentir o tratamento dos seus dados pessoais para o envio de informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, clique em "Li e aceito".