Header Imagem
protetor solar

10 Perguntas sobre a Proteção Solar


Uma dermatologista explica-lhe porque deve ter cuidado com a exposição solar excessiva na praia, na cidade e no campo.

Todo o cuidado é pouco quando se trata de proteção solar. A dermatologista Filipa Duarte, da Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo explica-lhe porquê...

1. A exposição solar pode provocar cancro de pele?
Os raios ultravioleta (RUV) estão identificados como a principal causa evitável de cancro da pele e a sua principal origem é a exposição solar. O mais temido, o melanoma, é entre todos os tipos de cancro malignos o mais frequente em adultos jovens.

2. As pelas mais claras correm mais riscos?
Indivíduos de pele clara, cabelo ruivo e olhos claros têm mais risco de desenvolver cancro de pele. No entanto, existem muitos outros fatores de risco, como sinais ou antecedentes pessoais ou familiares.

3. O que distingue os raios UVB e os UVA?
Os raios UVA representam 95% da radiação ultravioleta que atinge a superfície terrestre e têm sido mais associados ao envelhecimento e ao melanoma (o pior cancro de pele). Os UVB conseguem penetrar mais profundamente na pele e são os responsáveis pela queimadura solar e por outros tipos de cancro de pele.

4. Quais são mais perigosos?
Na verdade, devemos preocupar-nos com ambos e procurar produtos com Fator de Proteção Solar (FPS) igual ou superior a 30 (que nos protege dos UVB) e com proteção UVA.

5. Há diferenças grandes entre proteção 50 e 30?
Mais importante do que um número absoluto é o protetor ser adequado ao tipo de pele e reaplicado com frequência. A verdade é que como os índices de proteção são medidos em laboratório em quantidades que ninguém usa, os dermatologistas nunca recomendam protetores com índice inferior a 30, que após a aplicação podem corresponder a 20 ou 15. E alertam para que, quanto mais fluido e fácil de aplicar é o produto, menor quantidade de princípio ativo aplicamos, e por isso devemos renová-lo com mais frequência.

6. Existem protetores à prova de água ou apenas resistentes à água?
Não deve confundir “resistente à água”, que, segundo as marcas, pode manter a ação mesmo depois de dois banhos de 15 minutos cada, com “à prova de água” que resiste a quatro mergulhos. No entanto, deve reaplicá-los após cada banho.

7. Ficar debaixo do toldo também queima?
Mesmo nos locais com sombra é necessário renovar o protetor a cada hora e meia, usar óculos de sol e chapéu. As radiações solares que nos atingem também provêm da exposição solar refletida na areia e na água.

8. Vale a pena aplicar protetor 30 minutos antes de chegar à praia?
Os protetores químicos (a maioria), que necessitam do contacto com a pele para serem ativos, demoram cerca de 30 minutos a serem eficazes. Mas no caso de protetores físicos, o efeito é imediato. No entanto, estes últimos são mais difíceis de espalhar (tipo pomada) e por isso são usados apenas em situações de alergias ou sensibilidade e em crianças mais pequenas.

9. Justifica-se usar protetor nos dias em que o Sol está encoberto?
Quando o tempo está nublado a radiação ultravioleta tem a mesma intensidade, pois as nuvens filtram apenas a radiação infra-vermelha, diminuindo a nossa sensação de calor. Nesses dias é fundamental manter todos os cuidados de proteção.
O índice UV pode ser consultado no site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e é muito mais importante do que a temperatura para aferirmos os riscos de dano solar diariamente.

10. Os cabelos também precisam de proteção?
Com a exposição ao Sol, água salgada, vento e cloro, o cabelo seca. A sua proteção é importante para proteger a haste capilar e mantê-la hidratada.

Sabia que...


Cerca de 80% da dose de radiação tolerada pela pele se atinge por volta dos 18 anos? 

Proteja a pele das crianças sempre que fazem atividades ao ar livre.

crianças e sol

Mais artigos de Beleza

Imagem Halito Mais Fresco

Hálito Mais Fresco

Aposte numa boa higiene oral e em alguns alimentos como aliados para manter uma boca saudável.

PARTILHE
Facebook Twitter Mais

LOJA ONLINE

Este Intermarché não dispõe ainda do serviço de loja online.
Por favor indique-nos o seu nome e email para ser notificado logo que o serviço esteja disponível nesta loja.
Ou escolha outra loja online

NEWSLETTER

A ITMP Alimentar, S.A. – NIPC 503 882 003, situada em Lugar do Marrujo, Bugalhos - 2384-004 Alcanena, tratará os seus dados pessoais de forma automática para lhe enviar informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, cumprindo com o disposto no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados. Os dados serão conservados pelo período em que o Cliente mantiver ativa a sua subscrição da newsletter. O consentimento expresso do Cliente é o fundamento jurídico aplicável à recolha e utilização dos seus dados pessoais para os fins indicados.

Tem o direito de, a qualquer momento e de forma gratuita, exercer os seus direitos de aceder, de atualizar, de retificar, de apagar, de limitação do tratamento, de oposição ao tratamento dos seus dados pessoais e de portabilidade dos mesmos ou de revogar o seu consentimento, devendo, para o efeito, dirigir-se ou enviar correspondência para a morada acima mencionada ou através do e-mail geral@mosqueteiros.com.

Caso deseje fazer uma reclamação sobre a forma como os seus dados pessoais estão a ser processados pela ITMP Alimentar, S.A. pode fazê-lo para a morada acima indicada e, também, para autoridade supervisora (Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD, Av. D. Carlos I, 134 - 1.º 1200-651 Lisboa, Tel: 351 213928400, Fax: +351 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt).

Se consentir o tratamento dos seus dados pessoais para o envio de informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, clique em "Li e aceito".