Sabe o que mudou
nas nossas marcas?

Header Imagem

O que deve comer durante a Gravidez


Por: Lillian Barros

A fase pré-natal, o período da gravidez, deve ser considerado como uma oportunidade para identificar e modificar situações de risco de patologias futuras.

Cuidar da nutrição da grávida é também cuidar do futuro do filho, uma vez que a sua saúde é, em grande parte, programada durante a vida intrauterina. Associado ao crescimento do bebé, à formação da placenta, ao líquido amniótico, ao volume do útero e do sangue, ao tecido mamário e à gordura de reserva, deve estar um ganho peso saudável. No entanto, a grávida não deve comer por dois!

 

racao
dose

O que acontece e o que deve saber sobre o primeiro trimestre


Durante os primeiros três meses da gravidez, não é necessário aumentar a ingestão energética. Durante o segundo e terceiro trimestres da gravidez, é expectável um aumento de peso, que depende do Índice de Massa Corporal (IMC) anterior à gravidez. Se antes da gravidez a mulher era normoponderal, espera-se um aumento de 11,5 a 16 kg durante a gravidez. Este aumento de peso deve ser gradual, na ordem dos 0,4 kg por semana no segundo e terceiro trimestres da gravidez.

As mulheres cujo ganho de peso durante a gravidez se encontra fora dos limites recomendados podem ter várias complicações, que podem incluir aumento do risco de eclâmpsia, diabetes gestacional, complicações durante o trabalho de parto, manutenção do peso no pós-parto e subsequente obesidade materna, bem como risco aumentado de complicações na amamentação. Para além disso, um elevado ganho de peso durante a gravidez está associado ao aumento do peso do bebé ao nascer e, consequentemente, ao aumento do risco de complicações na vida adulta. Por outro lado, um insuficiente ganho de peso está associado a um parto prematuro, asma infantil, subdesenvolvimento neurológico infantil, aumento do risco de atraso de crescimento intrauterino e mortalidade perinatal e a um bebé pequeno para a idade gestacional.

Assim, uma alimentação saudável durante a gravidez, para além de beneficiar a saúde do bebé, pode contribuir para que tenha bons hábitos alimentares no futuro. Deste modo, atuar na prevenção e controlar o aumento de peso e adotar uma alimentação adequada torna-se indispensável.

 

Uma alimentação rica e equilibrada


A sua nutrição e rotina alimentar devem ser completas, equilibradas e variadas, de acordo com os pressupostos da roda dos alimentos.

  • Prefira o consumo de frutas e vegetais;
  • Beba água (cerca de 2,3 L por dia), e faça uma suplementação adequada dos micronutrientes que mais precisa.

Evite ou elimine dos seus hábitos:

  • O consumo de bebidas alcoólicas
  • Tabaco e outras substâncias nocivas;
  • E o café. Pondere apenas até 200 mg por dia (o equivalente a 1 a 2 cafés expresso por dia).

Igualmente importante nesta fase é ter atenção redobrada na manipulação segura dos alimentos. Algumas bactérias e parasitas podem ser particularmente prejudiciais para o bebé. Além disso, os alimentos poderão ser também uma fonte importante de outros compostos com potencial tóxico. Deste modo, deverá sempre higienizar-se bem as mãos e os hortofrutícolas e deverá evitar-se especialmente o consumo de carnes e peixes crus ou mal cozinhados, laticínios não pasteurizados e enchidos e fumados.

 

Animais
dose

A fase da amamentação e a pressão de voltar a ter o seu corpo de volta


Após o nascimento da criança a alimentação da mãe deve continuar a ser cuidada, uma vez que influencia não só a sua saúde como também a do bebé.

As recém-mamãs sentem muita pressão para voltar a ter o corpo que tinham antes da gravidez. No entanto, não devem fazer restrições alimentares severas. Em vez disso, para a retoma do peso habitual, o foco deve ser uma alimentação saudável, complementada com a prática de atividade física, aliada ao ato da amamentação. Em grande parte, as reservas de gordura armazenadas ao longo da gravidez são consumidas para responder à exigência da produção do leite materno, sendo que as necessidades energéticas aumentam consideravelmente face ao período da gravidez.

 

Hábitos alimentares saudáveis aconselhados


A alimentação variada, completa e equilibrada, segundo as recomendações da roda dos alimentos mantém-se como recomendação:

  • Evite o consumo de alimentos açucarados, salgados ou com muita gordura;
  • Faça intervalos superiores a 3h30 entre as refeições;
  • Beba cerca de 2,7 L por dia;

Nesta fase, deve continuar a evitar-se o consumo de álcool e a limitar-se a ingestão de cafeína. Deve também tomar-se especial atenção a possíveis reações do bebé ao leite materno, que possam estar relacionadas com alimentos ingeridos pela mãe, uma vez que estes podem causar alergia no bebé, nomeadamente leite e derivados, trigo, morango, kiwi, laranja, toranja, limão, tangerina, milho, frutos gordos e mariscos.

Em suma, embora este seja um período em que a mãe ainda se está a ambientar à rotina dos cuidados ao bebé, jamais se deverá esquecer de se alimentar equilibradamente. Praticar hábitos saudáveis durante o tempo de lactação, é essencial para uma boa saúde nutricional do bebé e da recém-mamã.

  

dose

Artigos Lillian Barros

PARTILHE

LOJA ONLINE

Este Intermarché não dispõe ainda do serviço de loja online.
Por favor indique-nos o seu nome e email para ser notificado logo que o serviço esteja disponível nesta loja.
Ou escolha outra loja online

NEWSLETTER

A ITMP Alimentar, S.A. – NIPC 503 882 003, situada em Lugar do Marrujo, Bugalhos - 2384-004 Alcanena, tratará os seus dados pessoais de forma automática para lhe enviar informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, cumprindo com o disposto no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados. Os dados serão conservados pelo período em que o Cliente mantiver ativa a sua subscrição da newsletter. O consentimento expresso do Cliente é o fundamento jurídico aplicável à recolha e utilização dos seus dados pessoais para os fins indicados.

Tem o direito de, a qualquer momento e de forma gratuita, exercer os seus direitos de aceder, de atualizar, de retificar, de apagar, de limitação do tratamento, de oposição ao tratamento dos seus dados pessoais e de portabilidade dos mesmos ou de revogar o seu consentimento, devendo, para o efeito, dirigir-se ou enviar correspondência para a morada acima mencionada ou através do e-mail geral@mosqueteiros.com.

Caso deseje fazer uma reclamação sobre a forma como os seus dados pessoais estão a ser processados pela ITMP Alimentar, S.A. pode fazê-lo para a morada acima indicada e, também, para autoridade supervisora (Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD, Av. D. Carlos I, 134 - 1.º 1200-651 Lisboa, Tel: 351 213928400, Fax: +351 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt).

Se consentir o tratamento dos seus dados pessoais para o envio de informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, clique em "Li e aceito".