Sabe o que mudou
nas nossas marcas?

Header Imagem

ONDE NOS VEMOS DAQUI A UM MÊS?


Habitualmente, a questão serve para que nos posicionemos num espaço temporal longínquo – cinco anos, 10 anos, 20 anos... Mas hoje não é fácil descrever algo tão simples como o dia de amanhã. Quando começámos 2020, incentivámos a escrita das resoluções do novo ano. Imaginámos, na altura, uma rotina diária mais ou menos estável, igual a tantas outras que levámos a cabo até então. Algumas dessas resoluções deixaram de fazer sentido. Outras nunca fizeram tanto sentido como agora. Para os meses que aí vêm, o mote é simples: começar de novo!

Esta é a oportunidade de olhar de perto para este novo normal e transformá-lo num normal melhor do que foi até agora. Não há um livro de instruções para este recomeço, mas há bons conselhos para que a normalidade se torne mais compreensível.

Onde nos vemos daqui a um mês?
Proteger-se e proteger os outros

PROTEGER-SE E PROTEGER OS OUTROS


Proteger é a palavra de ordem neste novo normal! A nossa rotina diária deve ter agora como prioridade os cuidados de proteção, de nós próprios e dos que nos rodeiam.

Podemos aproveitar este recomeço para aprender outro estilo de vida. Pensar no que, efetivamente, é importante para nós, no que faz sentido na nossa existência, que valor têm as relações sociais na nossa vida, que necessidades e urgências queremos privilegiar.

Não facilite e faça tudo o que estiver ao alcance, mesmo não sendo obrigatório. Seja através do uso de máscara, de etiqueta respiratória, de distanciamento físico ou de higienização frequente das mãos. Estes cuidados são truques que podem ser importantes mesmo em relação a outras doenças respiratórias. Lembre-se que não somos os únicos no mundo, apenas mais um.

NÃO DEIXE PARA AMANHÃ O QUE PODE FAZER OU DIZER HOJE


Conciliar trabalho, lazer, família e vida social nunca foi fácil. O tempo parece esgotar-se e a pouca energia leva muitas vezes a melhor. Depois da temporada de confinamento, fica a ideia de que o tempo é para se aproveitar ao máximo!

Quer seja para desfrutar de mais tempo para si, para se dedicar aos hobbies ou simplesmente para se cuidar, quer seja para fazer frente ao cansaço e aproveitar as folgas, as pausas, as horas ao fim do dia para estar com os amigos ou com a família, a regra é não deixar para depois o que pode fazer ou dizer agora. Mantenha o contacto com familiares e amigos e reserve algum tempo para cuidar de si!

Família em casa
Comer melhor

COMER MELHOR


Sempre soubemos que ser saudável nos coloca numa posição vantajosa para viver uma vida plena. Mais longa, mais ativa e mais feliz. Uma das porções mais importantes da vida saudável prende-se com a alimentação.

Comer bem significa privilegiar a diversidade alimentar, reforçar certos grupos da roda da alimentação por exemplo, mais hortícolas no prato, desperdiçar menos, promover o consumo de produtos locais e nacionais, de preferência biológicos, assim como evitar alimentos processados na dieta alimentar. Este recomeço pede também uma reconexão com a cozinha, a cada refeição. Aprender a comer melhor, cozinhar com o que se tem no frigorífico e repensar os hábitos de consumo alimentar devem ser as prioridades dos graúdos, ensinadas também aos miúdos.
 

SER CRIATIVO


Tanto ao nível pessoal como nacional e mundial, conhecemos exemplos de superação, mesmo que não os tenhamos vivido diretamente. Estamos continuamente expostos a desafios que nos obrigam a reaprender ao longo da vida. Para nos adaptarmos à mudança, devemos recorrer à criatividade. Descobrir novas formas de usar a tecnologia, encontrar forças, habilidades e vontades que desconhecíamos ter, procurar as melhores formas de fazer aquilo que consideramos necessário, descobrir o que não nos faz falta e nos ocupa demasiado tempo são alguns dos pontos que podem ajudar neste recomeço. Seja criativo e deixe que o tempo lhe mostre as respostas para estas questões.

Fazer pão em casa ou começar uma horta foram algumas formas criativas de fazer frente ao isolamento social e que podem continuar a fazer parte do nosso dia a dia.

Ser criativo

Dicas práticas

PARTILHE

LOJA ONLINE

Este Intermarché não dispõe ainda do serviço de loja online.
Por favor indique-nos o seu nome e email para ser notificado logo que o serviço esteja disponível nesta loja.
Ou escolha outra loja online

NEWSLETTER

A ITMP Alimentar, S.A. – NIPC 503 882 003, situada em Lugar do Marrujo, Bugalhos - 2384-004 Alcanena, tratará os seus dados pessoais de forma automática para lhe enviar informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, cumprindo com o disposto no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados. Os dados serão conservados pelo período em que o Cliente mantiver ativa a sua subscrição da newsletter. O consentimento expresso do Cliente é o fundamento jurídico aplicável à recolha e utilização dos seus dados pessoais para os fins indicados.

Tem o direito de, a qualquer momento e de forma gratuita, exercer os seus direitos de aceder, de atualizar, de retificar, de apagar, de limitação do tratamento, de oposição ao tratamento dos seus dados pessoais e de portabilidade dos mesmos ou de revogar o seu consentimento, devendo, para o efeito, dirigir-se ou enviar correspondência para a morada acima mencionada ou através do e-mail geral@mosqueteiros.com.

Caso deseje fazer uma reclamação sobre a forma como os seus dados pessoais estão a ser processados pela ITMP Alimentar, S.A. pode fazê-lo para a morada acima indicada e, também, para autoridade supervisora (Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD, Av. D. Carlos I, 134 - 1.º 1200-651 Lisboa, Tel: 351 213928400, Fax: +351 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt).

Se consentir o tratamento dos seus dados pessoais para o envio de informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, clique em "Li e aceito".