Header Imagem

Alergias


Por: Sara Calisto

O florescer da flora terrestre, traz consigo alguns alérgenos, que não só afetam donos, mas também os patudos. O pólen, plantas, pó e ácaros podem ser um problema para o seu cão ou gato. Os problemas alérgicos nos nossos animais de estimação são cada vez mais comuns, traduzindo-se em reações anafiláticas agudas ou mesmo problemas cutâneos. Prurido intenso, lesões na pele, focinho inchado, conjuntivites, entre muitos outros, podem ser sinais de alerta no que toca às alergias.

passeio
cao

Desparasitações


Os parasitas proliferam com o aumento da temperatura, havendo nesta altura, um aumento no número de pulgas, carraças e piolhos a afetar os animais. Como evitá-los?

As pulgas, são parasitas externos de pequena dimensão que se desenvolvem rapidamente no hospedeiro, sendo por isso, um dos mais frequentes na pele e pêlo dos nossos animais de companhia. Alimentam-se do sangue dos nossos animais através de picada e, na maioria das vezes, provocam comichão exagerada. No entanto, alguns animais podem apresentar outros sintomas como alergia à picada da pulga, dermatites graves, alopecias, assim como, anemias.

As carraças, são hematógrafos, ou seja, alimentam-se de sangue e assim como as pulgas são parasitas muito comuns nos animais. Estas causam desconforto e prurido, no entanto, o mais preocupante nestes parasitas é a sua capacidade de serem vetores para bactérias e protozoários que podem ser bastante prejudiciais para os nossos animais e que podem levar a sintomas como prostração, febre, perda de peso, diarreia, anemia entre outros. Em casos extremos podem mesmo pôr a vida do nosso melhor amigo em causa.

Já os ácaros, são responsáveis por vários tipos de sarnas, que são doenças contagiosas, e que inclusive podem afetar o dono. Os seus sintomas são vastos, podendo o cão apresentar prurido severo (comichão), inflamação da pele, alopecia, descamação e espessamento da pele. De acordo com o tipo de ácaro e a localização das lesões, podemos ter diferentes sintomas e tratamentos.

Por serem tão comuns, é extremamente importante uma boa prevenção usando pipetas, comprimidos ou coleiras repelentes. A sua periodicidade vai depender do produto em questão e do estilo de vida do seu cão e/ou gato. Não se esqueça de falar com o seu veterinário e elaborar em conjunto com ele o plano que melhor se adapte ao seu animal de estimação.

 

Praganas


As praganas são sementes de cereais, que quando ficam secas se agarram aos pelos dos animais que passam próximo delas ou as pisam, podendo provocar feridas, abcessos e infeções que podem chegar a ser graves.

Os locais mais comuns, são a zona interdigital, ouvidos e narinas, no entanto, estas podem alojar-se em qualquer local. Por esse motivo, é importante, após o passeio, inspecionar o seu melhor amigo, a fim, de lhe retirar algo que este possa ter trazido agarrado a si. Escove-o e dê especial atenção às patas, zona abdominal, axilas e orelhas.

Caso o seu cão, após o passeio, comece a abanar muito a cabeça, com espirros incoercíveis, desconforto, inchaço ocular, feridas, ou claudicação, procure o seu médico veterinário.

É fundamental retirá-las o mais rápido possível, sendo que, em alguns casos, apenas o seja possível com recurso a sedação e/ou cirurgia.

A forma mais eficaz de evitar este problema é não levar o cão a passear por zonas onde haja este tipo de gramíneas. Caso isso não seja possível, tome medidas básicas de prevenção entre as quais, evitar campos com grande concentração de espigas e procurar zonas sem elas.

banho
cao velho

Passeios


Com os dias a ficarem melhores, estes tornam-se mais convidativos a passeios no exterior. A fim de torná-los inesquecíveis e prazerosos é importante termos em conta alguns fatores. Não se esqueça de deixar o sítio exatamente como o encontrou, seja na via pública, no jardim ou na praia, é um ato de responsabilidade civil apanhar os dejetos do seu animal de estimação.

No que diz respeito aos passeios à beira-mar não se esqueça que a Primavera vai até Junho e nesta altura a época balnear já pode estar a decorrer, procure praias onde o seu patudo seja bem-vindo. É importante também ter o seu pet devidamente identificado, o microchip (obrigatório por lei) e as chapas de identificação podem ser essenciais no caso do seu melhor amigo se perder.

Artigos e Dicas

PARTILHE

LOJA ONLINE

Este Intermarché não dispõe ainda do serviço de loja online.
Por favor indique-nos o seu nome e email para ser notificado logo que o serviço esteja disponível nesta loja.
Ou escolha outra loja online

NEWSLETTER

A ITMP Alimentar, S.A. – NIPC 503 882 003, situada em Lugar do Marrujo, Bugalhos - 2384-004 Alcanena, tratará os seus dados pessoais de forma automática para lhe enviar informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, cumprindo com o disposto no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados. Os dados serão conservados pelo período em que o Cliente mantiver ativa a sua subscrição da newsletter. O consentimento expresso do Cliente é o fundamento jurídico aplicável à recolha e utilização dos seus dados pessoais para os fins indicados.

Tem o direito de, a qualquer momento e de forma gratuita, exercer os seus direitos de aceder, de atualizar, de retificar, de apagar, de limitação do tratamento, de oposição ao tratamento dos seus dados pessoais e de portabilidade dos mesmos ou de revogar o seu consentimento, devendo, para o efeito, dirigir-se ou enviar correspondência para a morada acima mencionada ou através do e-mail geral@mosqueteiros.com.

Caso deseje fazer uma reclamação sobre a forma como os seus dados pessoais estão a ser processados pela ITMP Alimentar, S.A. pode fazê-lo para a morada acima indicada e, também, para autoridade supervisora (Comissão Nacional de Proteção de Dados – CNPD, Av. D. Carlos I, 134 - 1.º 1200-651 Lisboa, Tel: 351 213928400, Fax: +351 213976832, e-mail: geral@cnpd.pt).

Se consentir o tratamento dos seus dados pessoais para o envio de informações e promoções sobre produtos e serviços Intermarché, clique em "Li e aceito".